Xenon em cassete para o Commodore 64 (Mastertronic, 1990)

Meu gosto por Xenon começou ainda nos anos 80, quando conheci o port do ZX Spectrum para o MSX. O que eu achava fantástico, no entanto, não era seu gráfico (monocromático, mas bonito), muito menos sua jogabilidade (como em outros ports, era lenta), e sim sua música, que ainda hoje acho legal. A partir da revista inglesa Crash, pude ver como era o Xenon de outros micros da época, como Commodore 64, Atari ST e Amiga.

Xenon em fita cassete para o Commodore 64 (Mastertronic, 1990) | MARIO CAVALCANTI

Xenon em fita cassete para o Commodore 64 (Mastertronic, 1990) | MARIO CAVALCANTI

Para quem não conhece, o Xenon é um shmup desenvolvido originalmente em 1988 para o Atari ST pela The Bitmap Brothers e lançado pela editora/distribuidora australiana Melbourne House, que posteriormente foi comprada pela Mastertronic. Essa fita cassete do Xenon para o C64 foi trazida de Londres por um amigo há cerca de cinco anos, e custou apenas duas libras na época. Ela é de 1990 e faz parte da coletânea Mastertronic Plus (ou M Plus).

Xenon em fita cassete para o Commodore 64 (Mastertronic, 1990) | MARIO CAVALCANTI

Curiosamente, das capturas de tela que aparecem no verso do encarte, apenas a primeira é da versão do C64. As outras duas são de versões 16-bit (Atari ST ou Commodore Amiga). E isso fica mais evidente ainda por conta da mensagem no verso: “Screenshots may be taken from a different version” (“Capturas de tela podem ter sido tiradas de uma versão diferente”). Uma prática comum nesse período dos home computers era justamente mostrar um gráfico mais avançado para deixar o usuário/consumidor mais empolgado.

Xenon em fita cassete para o Commodore 64 (Mastertronic, 1990) | MARIO CAVALCANTI

Xenon em fita cassete para o Commodore 64 (Mastertronic, 1990) | MARIO CAVALCANTI

Carioca, empreendedor e jornalista de games e de tecnologia. Escreve para publicações especializadas em games clássicos, é proprietário da loja virtual Retro Mall e editor da revista Clube MSX. Aqui no blog fala principalmente sobre itens do seu acervo de games, consoles e micros.

Recebido do dia: Espectrotape #1 para ZX Spectrum

Fala, pessoal! Chegou na última sexta-feira meu exemplar da Espectrotape #1, a cassete de jogos para ZX Spectrum que acompanha a terceira edição da revista Espectro (para quem optou por comprar o pacote revista + fita). Lindo produto! Padrão revista Crash. Entre as produções, o jogo Varina, do brilhante time da Espectro. Não conhece a Espectro? Muito menos a Espectrotape? Saiba mais aqui.

Carioca, empreendedor e jornalista de games e de tecnologia. Escreve para publicações especializadas em games clássicos, é proprietário da loja virtual Retro Mall e editor da revista Clube MSX. Aqui no blog fala principalmente sobre itens do seu acervo de games, consoles e micros.